Sobre Washington DC

  • Washington DC

    Washington DC, a capital dos Estados Unidos da América, é muito conhecida por assuntos ligados à política ou por seus impressionantes monumentos e edifícios institucionais. Museus, monumentos, memoriais e parques também chamam a atenção de quem circula pela cidade.

  • Gastronomia

    A culinária de Washington pode ser considerada como rica em quantidade e qualidade. De um lado, estão restaurantes estrelados que oferecem o que há de melhor na cozinha norte-americana e internacional. Do outro, as cadeias de fast-food inundam as ruas e avenidas com os seus atraentes sanduíches e combos para turista nenhum reclamar de refeição rápida e barata.

    As regiões onde se come melhor na capital americana são Dupont Circle, Adam's Morgan e Downtown. Entre os restaurantes mais tradicionais, estão o Old Ebbitt Grill, que merece ser citado por ser centenário (fundado em 1856), ter como especialidade da casa o trato das carnes e dos frutos do mar e ser modelado como um elegante saloon do século XIX.

    Famosos e políticos (que são as grandes celebridades de Washington), costumam freqüentar a casa de carnes Morton's. Para os turistas, esse lugar é uma boa pedida por que faz parte de um grupo de restaurantes especializado em carne de vaca. Seu prato mais pedido e mais saboroso é a costela de vaca.

    Representando a culinária internacional, a comida mexicana pode ser apreciada em restaurantes como o Oyamel. A gastronomia espanhola, grega e italiana também são bem servidas no Café Promenade, que também é especialista em pratos mediterrâneos.

  • Vida Noturna

    A agitada vida noturna de Washington reserva lugares, noitadas e música para todos os gostos e bolsos. As opções vão de pubs modernos a tradicionais teatros, passando por boates e casas de show que tocam diversos estilos musicas - mas algumas são excelentes quando o assunto é o jazz.

    A região que atrai os jovens é a que compreende os bairros Adam’s Morgan e Georgetown. Os barzinhos e clubes desses lugares sempre revelam bandas novas e boas, que tocam o melhor do jazz, do indie-rock, do reggae e do blues.

    Em Georgetown, por exemplo, está localizada a casa de jazz mais antiga dos Estados Unidos, a Blus Alley. Sentar em uma de suas mesinhas é imaginar os grandes astros do gênero que já passaram pelo palco de lá, como Dizzy Gillespie, Sarah Vaughan e Eva Cassidy.

    Aqueles que gostam de programas noturnos mais calmos podem recorrer a uma peça no popular Arena Stage ou a um espetáculo refinado no Ford's Theatre. O complexo do Arena Stage compreende três teatros com uma programação eclética. As peças vão de de clássicos da dramaturgia americana até comédias e musicais universais.

  • Transportes

    A melhor maneira para os turistas circularem em Washington é por meio da integração entre os meios de transporte público, como o metrô e o ônibus. O sistema de transporte público de Washington é extensivo e eficiente, levando até os principais pontos turísticos da cidade. A empresa que administra o metrô e a rede de ônibus cobre toda a cidade e se estende até as regiões da vizinhança.

    Os passageiros podem mudar de qualquer linha de ônibus para qualquer linha de metrô, ou então, entre uma linha de metrô para uma de ônibus sem precisar pagar um bilhete extra.

    Várias linhas de trens conectam Washington com seus subúrbios mais distantes, e a Union Station conecta a cidade com o resto do país. Tanto as linhas de trens suburbanos quanto as linhas de trens interestaduais usam a Union Station como estação central. Desse modo, os visitantes também pode conhecer os arredores da cidade.

    Washington é uma das poucas cidades americanas que tem taxas de criminalidade elevada. No entanto, os episódios acontecem em partes isoladas da cidade. A região turística, próxima ao Capitólio, por exemplo, não oferece perigo e está fora das elevadas taxas de criminalidade.

    Como em toda grande cidade, alguns cuidados básicos de segurança são necessários, principalmente em transporte público. Evite expor seus objetos pessoais enquanto caminha pela rua e quando estiver no ônibus ou metrô. Utilize o celular com atenção, evite carregar grandes quantias de dinheiro e, quando for pagar algo, procure ser discreto. Em caso de problemas, procure alguma autoridade policial da cidade.

  • Atrações e Programas

    Um típico programa para se fazer é passear pelo National Mall, que é um grande parque localizado no centro de Washington. Ele tem 3 quilômetros de comprimento e vai do Capitólio até o Memorial de Lincoln. Foi inaugurado no começo do século XX.

    Uma visita ao Ford's Theatre é um passeio que vale por dois. Além de ser um teatro, hoje ele funciona como um museu. A fama do Ford’s se deve ao fatídico assassinato do presidente americano Abraham Lincoln, que ocorreu em 1865.

    Chegar até a Washington National Cathedral é se deparar com uma imensa catedral em estilo gótico bem no meio da cidade. Ela começou a ser construída em 1893 e o término completo da obra aconteceu quase cem anos depois, em 1990. O acesso até ela é feito rapidamente de metrô.

    O National Zoo e o National Aquarium são atrações fantásticas e que se tornam queridinhas das famílias acompanhadas de crianças. O Zoológico tem como maior ícone os dóceis pandas gigantes, que encantam a platéia. O National Aquarium tem mais de 50 tanques com centenas de espécies marinhas.

    Outros monumentos que pedem um passeio são o Franklin Delano Roosevelt Memorial e o Lincoln Memorial. Ambos homenageiam a memória de importantes presidentes norte-americanos. O Delano Memorial é dividido em quatro quartos ao ar livre, que representam cada governo do ex-presidente. Já o Lincoln Memorial exibe 36 colunas que representam a quantidade de estados na época do governo do então presidente. No subsolo há ainda um museu contando a história de Abraham Lincoln e o seu período no poder.

  • Clima e População

    A cidade tem cerca de 600 mil habitantes, mas estima-se que, durante o dia, o número de pessoas circulando na capital dos EUA atinja quase 1 milhão de pessoas. Isso acontece devido ao movimento de trabalhadores de cidades vizinhas, que vão para Washington de manhã e retornam para a casa à noite. A maior parte da população é afro-americana.

    O clima é do tipo temperado, o que garante estações bem definidas ao longo do ano. Durante o inverno, a temperatura varia entre -4ºC e 16º Celsius, levando os americanos e turistas a tirarem todos os agasalhos dos armários. No verão, o clima esquenta e a temperatura pode atingir até 31ºC. No inverno, pode nevar, principalmente entre janeiro e fevereiro.

    A melhor época para visitar a cidade é entre abril e maio. Nas férias de julho faz calor, mas no outono o clima fica mais suave. A primavera é famosa pela beleza de suas flores, sua espetacular folhagem e seu clima balsâmico.

  • Pontos Turísticos

    O Washington Monument é um dos cartões-postais da cidade e descortina uma vista de 360 graus a partir do seu topo, permitindo que os olhos vejam, por exemplo, o Capitólio, os museus Smithsonian, a Casa Branca e o Rio Potomac. A descida do elevador que leva ao topo garante a visibilidade das pedras que adornam as paredes do monumento.

    A Casa Branca (White House), além de ser a residência oficial do presidente americano, é um grande chamariz de turistas. O passeio, que só pode ser feito em grupo, acompanhado de guia e sem cobrança de entrada, exige antecedência de seis meses para ser agendado. É possível conhecer a Gold-and-White East Room, onde os presidentes recebem convidados importantes e promovem até casamentos, e a The Red Room, outra sala de recepção que normalmente é usada para o chá da tarde.

    O Capitólio, que é a sede do Congresso Americano e da Suprema Corte, tem 135 anos de idade. O passeio pelo edifício serve para admirar a arquitetura clássica de seu interior e as centenas de obras de arte. As visitas são guiadas e durante o percurso uma aula da História americana é contada. O palácio de mármore que serve de abrigo para a Suprema Corte é um belíssimo exemplar dos melhores edifícios públicos que existem em Washington.

    O Smithsonian (Museu Americano de Arte) e a Galeria de Retratos são pontos turísticos que esbanjam cultura e conhecimento para os seus visitantes. Eles exibem cerca de duas mil obras juntos e têm símbolos significativos, como as faces dos fundadores dos EUA e objetos que retratam o modo de vida norte-americano.

    Já Galeria Nacional de Arte mantém uma das mais importantes coleções de arte ocidental do mundo. São cerca de 110 mil obras em exibição, entre pinturas, esculturas e arte gráfica da Idade Média ao século 21. Um passeio pelo jardim das esculturas também vale a pena.

    A visita ao Memorial de Vítimas do Vietnã também compensa. É um dos mais expressivos e tocantes monumentos de Washington, pois ele é formado por duas paredes largas de granito preto, marcadas com as inscrições dos 58 mil nomes de homens e mulheres mortos durante a guerra do Vietnã. É um santuário, onde visitantes prestam homenagens com flores, cartas e bandeiras.

Receba ofertas imperdíveis!

Assine a newsletter do Mundi e receba as melhores promoções de passagens aéreas e hotéis por email.




Publicidade

Publicidade

Avaliações e Dicas sobre Washington DC

Avaliações e Dicas - Washington DC

Publicidade