Sobre Vitória

  • Vitória

    Vitória, capital do Espírito Santo, é uma das poucas capitais brasileiras situadas em uma ilha, como Florianópolis, em Santa Catarina. Ela está entre as cidades mais antigas do Brasil e, hoje, tem o turismo de negócios em ascensão. Desse modo, o momento é ideal para apresentar aos visitantes as belezas naturais e todos os atrativos que ela possui.

  • Gastronomia

    Os pratos típicos de Vitória estão recheados de frutos do mar e tem como representantes principais a moqueca capixaba, a muma de siri e a torta capixaba.

    A receita da moqueca capixaba é distribuída como se fosse cartão de visitas! Os moradores se orgulham da sua maneira de preparar esse prato porque, segundo eles, o sabor do peixe pode ser apreciado de verdade.

    O uso da panela de barro é outro diferencial que dá o toque especial a esse prato. Ao contrário das outras peixadas, a moqueca em Vitória não utiliza azeite de dendê e nem leite de coco.

    Já a torta é preparada com muitos frutos do mar, como siri, camarão, ostra, sururu, bacalhau, etc. Durante a Semana Santa, esse é um dos pratos mais tradicionais na mesa do capixaba. O pão com leitão e o Socol também são lanches típicos de Vitória.

    Os locais mais fáceis para se degustar a culinária capixaba são os restaurantes e bares que ficam localizados na orla. Os estabelecimentos que ficam na Praia do Canto, por exemplo, têm no cardápio todas essas iguarias da culinária de Vitória.

  • Vida Noturna

    As opções de lazer à noite em Vitória oferecem dezenas de bares, cafeterias, restaurantes, choperias e danceterias. Todos esses estabelecimentos se espalham pela cidade, mas a região conhecida como Triângulo das Bermudas é capaz de reunir tudo isso de uma só vez.

    Os boêmios que iniciam a noitada cedo se fixam na região do Triângulo, localizada entre as ruas Joaquim Lírio e João Cruz, na Praia do Canto. Uma das curiosidades é o bar Escritório, cujas mesas e cadeiras são idênticas a de um escritório.

    Aqueles que curtem barzinhos e não curtem a badalação das boates encontram na rua da Lama a diversão ideal. Os bares dessa região ficam abertos até de madrugada e lotados de universitários, todos provenientes da Universidade Federal do Espírito Santo, que fica próxima.

    A Praia do Canto, um dos bairros mais descolados e movimentados, também é uma excelente pedida. As opções de boates são muitas, assim como os barzinhos onde os turistas podem aproveitar pra curtir o visual da orla e saborear algum petisco típico da cidade.

  • Transportes

    Ao circular por Vitória, o turista pode utilizar o sistema de transporte público sem preocupação. A necessidade é só de ficar atento aos ônibus que levam para as cidades da região metropolitana.

    A maior parte dos ônibus que circula no município leva a quase todos os pontos turísticos da cidade, como as construções antigas, os conventos, as praças e as praias. As tarifas são baratas e não pesam no bolso na hora de se deslocar entre vários pontos. Os táxis também são boas opções, principalmente quando a saída for para balada ou para locais próximos. As tarifas não são tão caras e os veículos costumam ser novos.

    Vitória não está entre as cidades mais violentas, mas como em qualquer lugar, a lei do bom senso alerta para as medidas de segurança básicas. É bom evitar exibir pertences de grande valor na rua, não reagir em casos de furtos ou assaltos. Para não ter problemas, o ideal é procurar não expor objetos pessoais enquanto caminha em locais públicos, como no ônibus. Em caso de problemas, procure alguma autoridade policial, como a Polícia Militar ou a Guarda Municipal.

  • Atrações e Programas

    Um programa bacana é o passeio guiado pelo centro histórico de Vitória. Além dos pontos turísticos já citados, como a capela de Santa Luiza e a Catedral Metropolitana, existem monumentos que são mais antigos que aqueles que estão presentes em cidades como Ouro Preto (MG) e São Paulo (SP).

    O passeio guiado permite conhecer construções erguidas na primeira metade do século XVI que estão em excelente estado de conservação. Até a primeira metade do século XX, o traçado colonial da cidade foi preservado. No entanto, a área central manteve alguns espaços e patrimônios que conservam a história secular de Vitória.

    O Palácio Anchieta, sede do governo do Estado, rende um passeio interessante.  Sua imponência impressiona os visitantes que o admiram e têm a oportunidade de conhecer detalhes da arquitetura do prédio.

    O convento do Carmo é outro edifício histórico, com data de fundação em 1682. O estilo colonial, com traços barrocos, desperta a curiosidade dos turistas. O convento São Francisco, o primeiro convento franciscano ao sul do Brasil Colônia, tem na sua fachada o maior símbolo do conjunto arquitetônico original da obra, que foi erguida no século XVI.

    O estilo neo-renascentista italiano do Teatro Carlos Gomes encanta qualquer pessoa que circule ao seu redor. Visitas guiadas permitem saber mais da história do prédio, que foi construído na época em que a cidade passava por importantes transformações urbanas. A ideia de fazer de Vitória um lugar moderno pode ser conferida, também, por meio desse símbolo da capital do Espírito Santo.

    Os museus Solar Monjardim e do Rosário são bons lugares para saber mais de Vitória. O primeiro é o único exemplar da arquitetura rural na cidade. Já o museu do Rosário expõe um acervo de peças que contam a história e os costumes locais por meio de objetos, lendas e lembranças. Boa parte do acervo está ligada às tradições religiosas do Espírito Santo, principalmente dos negros. São imagens de santo, oratórios e objetos litúrgicos usados pelos padres nas missas e festas.

  • Clima e População

    O total de habitantes, hoje, é de pouco mais de 300 mil. Se for contabilizada a região metropolitana, que engloba mais seis municípios, o total de moradores aumenta para 1,6 milhão.

    O clima é do tipo tropical, com média de temperatura anual de 23º Celsius. No entanto, a capital do Espírito Santo costuma ser mais quente do que as outras cidades do estado – até mesmo durante o inverno.

    A média da temperatura na estação mais fria do ano é de 19º Celsius, com poucas ocorrências de chuvas. No verão, a média é de 30ºC, com mais chuvas e riscos de temporais. Chove bastante principalmente entre os meses de outubro e janeiro.

  • Pontos Turísticos

    Os atrativos de Vitória são muitos. Com a expansão do turismo de negócios, novidades surgem na capital a todo momento, como a Ponte da Passagem.

    A inauguração da ponte aconteceu em 2009 e já é considerada um dos principais pontos turísticos de Vitória. A Ponte da Passagem tem 55 metros de altura, o equivalente a um prédio de 8 andares, e é sustentada por 32 cabos de aço, um dos símbolos da exportação do estado. A iluminação durante a noite rende excelentes fotos de recordação da capital.

    Outra novidade é a Praça do Papa, que oferece uma das visões mais bonitas da cidade: a baía de Vitória, tendo como pano de fundo o Convento da Penha e a cidade de Vila Velha.

    A cruz reverente instalada na inauguração da praça, em 2008, chama a atenção por ser inclinada para frente e ter um pombo branco no topo, um dos símbolos do estado. Na praça existem também restaurantes, um parque infantil e uma trilha com acesso a um mirante com vista para toda a cidade.

    As praias de Vitória também são muito procuradas por aqueles que visitam a cidade. As mais famosas são Curva da Jurema, Castanheiras, Camburi e as que estão na Ilha do Boi. A Curva da Jurema é bastante movimentada. Os 800 metros de extensão que possui abrigam quiosques e coqueiros convidativos a um passeio pela orla. Camburi é a única praia que fica na parte continental da cidade e o melhor a se fazer por lá é caminhar ou andar de bicicleta.

    As construções históricas também merecem fazer parte do roteiro de viagens, começando pelo Convento da Penha. Ele fica na cidade vizinha, Vila Velha, e a vista do mar, das ilhas e da Terceira Ponte (outro cartão postal que une Vitória à Vila Velha) são as primeiras recompensas do passeio. Dentro do convento, é possível ver uma das pinturas mais antigas da América Latina, a “Nossa Senhora das Alegrias”, visitar mirantes e também conhecer um museu com artigos religiosos.

    A capela de Santa Luzia, uma das primeiras igrejas brasileiras, datada da época das capitanias hereditárias, e a Catedral Metropolitana, imponente com o seu estilo neogótico, também são pontos recomendados para uma visita.

Receba ofertas imperdíveis!

Assine a newsletter do Mundi e receba as melhores promoções de passagens aéreas e hotéis por email.




Publicidade

Publicidade

Avaliações e Dicas sobre Vitória

Avaliações e Dicas - Vitória

Publicidade