Sobre Foz do Iguaçu

  • Foz do Iguaçu é um dos destinos brasileiros mais conhecidos internacionalmente e está entre os cinco mais procurados do Brasil. A fama surgiu pelas belezas naturais, com destaque para as gigantescas Cataratas do Iguaçu. Ela consegue agradar àqueles que curtem natureza selvagem, mas sem precisar se aventurar por caminhos tortuosos. Ao longo dos anos, novos atrativos foram descobertos, como o ecoturismo, a culinária da região com o robusto peixe dourado e a variedade de programas que podem ser feitos nas cidades dos países vizinhos. A vizinhança se dá com a Argentina e o Paraguai, na região da Tríplice Fronteira. Isso significa que, com passaporte ou carteira de identidade na mão, é possível passar de um país para outro dia e noite. As distâncias são curtas (entre 10 e 25 km) entre as atrações e fica muito fácil visitar parques pela manhã no Brasil, fazer compras à tarde no Paraguai e esticar a noite na Argentina, no cassino ou em deliciosos e charmosos restaurantes.

  • Clima e População

    A população de Foz do Iguaçu estimada em 2009 era de 326 mil habitantes. Se considerarmos a região que engloba as cidades vizinhas da Argentina e do Paraguai, a região abriga mais de 700 mil pessoas.

    O clima é do tipo subtropical úmido, com verões quentes, geadas pouco frequentes e chuvas em todos os meses do ano. A temperatura média anual é de 21,6° Celsius. Ao longo do ano, a mínima costuma ser de 10,5° C e a máxima fica por volta de 31,4° C.

    Como em toda viagem, independente do clima, leve sempre roupas leves e alguns agasalhos. Em Foz, o clima é bom e faz calor a maior parte do tempo. O período mais indicado para visitar a cidade é na primavera, quando a paisagem fica mais bonita e a temperatura mais amena.

  • Pontos Turísticos

    Ir ao Paraná e não visitar as Cataratas do Iguaçu é como estar no Rio de Janeiro e não se encantar com o Cristo Redentor, ou chegar à Nova York e não se impressionar com as luzes da Times Square. As comparações sobre o quanto vale a pena conhecer as cataratas são muitas, mas o importante é ir até lá para constatar essa grandiosidade da natureza formada há mais de 150 milhões de anos.

    Elas estão localizadas no Parque Nacional do Iguaçu e se dividem entre o Brasil e a Argentina. São cerca de 300 quedas, se forem contadas isoladamente. Dos grandes saltos, três deles estão no lado brasileiro. Em 2009, foram mais de 1 milhão de visitantes que foram conferir as cataratas. O ideal é vislumbrá-las com a vista panorâmica que o Brasil oferece e se impressionar com os vários ângulos vistos a partir da Argentina.

    Outro destino muito procurado é a Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional. A hidrelétrica, uma das maiores do mundo, forma junto com o Complexo Turístico de Itaipu um pacote de visitação único para os turistas. Nesse pacote, estão incluídos o Ecomuseu, o Refúgio Biológico Bela Vista, o Canal da Piracema e a Iluminação da Barragem.

    Só a Usina recebe, por ano, cerca de 800 mil visitantes, entre turistas, estudantes e técnicos, nos dois países. A construção é uma parceria entre Brasil e Argentina. As opções de passeio ganharam diversidade de cenários: circuito panorâmico, visita ao interior da usina, trilhas na reserva biológica, museu, show de luzes e música diante da barragem nas noites de sexta e sábado. Qualquer visitante fica estarrecido com a iluminação da barragem ao anoitecer.

    O Parque das Aves faz parte dos pontos turísticos que ganharam fama ao longo dos anos. Ele tem mais de 900 aves, entre araras, tucanos, periquitos e outros. Elas ficam dispostas em viveiros bem próximos dos visitantes e aumentam o contato com a vida selvagem, sem muita dificuldade. Existem pássaros ameaçados de extinção, como o cuiú-cuiú, o mutum-cavalo e o macuco. Outras vieram de longe, da África e da Ásia. Araras domesticadas ficam livres no parque para que os turistas possam tirar fotos e até carregar os animais no colo.

    A Ponte da Amizade e a travessia por ela também valem a pena. Ela está sobre o Rio Paraná e faz a ligação entre o Brasil e o Paraguai, através de Foz do Iguaçu e Ciudad Del Este. Ela tem 78 metros de altura e a vista ao entardecer, com o pôr do sol, é admirável.

    Um dos atrativos inusitados de Foz do Iguaçu está relacionado à diversidade religiosa e cultural, que é derivada da influência de vários povos que colonizaram a região. Entre os atrativos curiosos estão o Templo Budista e a Mesquita Mulçumana. Para se ter uma ideia, Foz do Iguaçu possui a maior comunidade islâmica do Brasil.

    O templo possui uma sacada de onde podem ser avistados o rio Paraná, a Ilha Acaray, a Ponte da Amizade, o centro de Ciudad del Este e parte de Foz do Iguaçu. Em frente ao templo, na parte externa, há uma ampla calçada e, ao lado, 112 estátuas de cerca de 2 metros de altura cada uma. Já a Mesquita de Foz do Iguaçu é um templo suntuoso, com um interior de incrível beleza. É ornamentada com arabescos, figuras geométricas em desenhos perfeitos e unificados. A arte é abstrata e a arquitetura é de caráter religioso.

  • Atrações e Programas

    A cidade aprendeu a explorar programas diferentes da visita às Cataras ou à Usina de Itaipu. O ecoturismo e o turismo de aventura são programas imperdíveis nessa região. Toda a infraestrutura foi criada para atender a milhares de turistas, todos os anos.

    Para começar, faça trilhas e atividades de ecoaventura no Parque Nacional do Iguaçu, como rafting, rapel, escalada em rocha, arvorismo e passeios de barco em quedas d’água. Desafiar o rio Iguaçu e suas corredeiras com uma completa estrutura de apoio e segurança se torna um programa fácil para qualquer um. As trilhas mais indicadas são trilha do Poço Preto e trilha das Bananeiras. Aproveite e faça o Macuco Safari, que é um passeio de jipe com acompanhamento de guias bilíngües, caminhada e viagem de barco que leva o turista a cerca de cinco metros das cataratas e das ilhas argentinas para contemplação da fauna e da flora.

    Se a grana estiver sobrando, aproveite para sobrevoar as cataratas de helicóptero. Não dá para descrever a vista. É preciso voar a região para ter suas próprias impressões da beleza do local.

    Outra indicação é ir até o Marco das Três Fronteiras, divisa do Brasil com o Paraguai e a Argentina. Dá para apreciar os três marcos simultaneamente, além do encontro dos rios Iguaçu e Paraná. Ele liga Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e Ciudad del Este.

    Vá até a fronteira para saborear deliciosas carnes argentinas e tentar a sorte em algum cassino paraguaio. Siga para um dos três cassinos da região e divirta-se. O Cassino Puerto Iguazu fica em solo argentino, em um hotel de padrão internacional. Em Ciudad del Este, no Paraguai, o turista tem duas opções: o Grand Casino Itaipu ou o MO Casino.

  • Vida Noturna

    A vida noturna em Foz do Iguaçu divide-se entre Foz, Ciudad del Este (Paraguai) e Puerto Iguazú (Argentina). Os principais programas da região são os restaurantes, bares e boates.

    No lado argentino, muitos brasileiros vão à “feirinha”, local onde é possível comprar e consumir vinhos, queijos, azeitonas e alfajores, além de tendas que servem cervejas argentinas, tábuas de frios e pastéis. Para quem gosta de dança e baladas, os destaques dessa região são o “La Barranca” e o “Cuba Libre”. As duas casas têm programação musical diversificada, com palcos para artistas de rock, reggae, pop, eletrônica, reggaeton, entre outros gêneros musicais.

    Já no lado paraguaio, três baladas são famosas: o “Coyote”, a “Bunker” e a “N9ne”. As três boates misturam os ritmos: eletrônico, pop rock e reggaeton.

    Além das boates e casas de shows, a maioria dos bares e restaurantes concorridos da região de Foz do Iguaçu fica no interior dos hotéis. Um dos mais concorridos é o argentino Iguazú Grand Hotel. Com arquitetura e decoração suntuosas, ele oferece shows de tango e um dos melhores cassinos da região - o Casino Iguazú. Lá, é possível se divertir nas mesas de Roletas, no Black Jack, no Poker e Dados, além de caça-níqueis.

    Para quem deseja diversão pertinho do seu hotel, ou albergue, em Foz, sem se distanciar muito, a região do centro da cidade também tem inúmeras opções. Casas noturnas com shows de música sertaneja, barzinhos com música ambiente, drinks diferenciados e apresentações de música ao vivo são algumas das atrações disponíveis no centro de Foz.

    Para o happy hour, duas atrações consolidadas em Foz do Iguaçu são o “Capitão Bar” e o “Rafain Chopp” – os dois ficam pertinhos, distantes apenas uma quadra um do outro. São casas tradicionais de Foz, que oferecem drinks, bebidas, comidas e música ao vivo. Outros bares também são destaques da cidade, assim como o “Zepellin Old Bar” e o “Ballinas Irish Pub”. São casas de shows com jeitinhos íntimos de pub. No Zepellin, o ritmo é rock, jazz e blues. Já no Ballinas, pagode, sertanejo e pop rock.

    E, para quem curte balada, a “Ono Teatro Bar” e o “A-há” são referências em Foz. A Ono tem diversas atrações, geralmente com foco na música sertaneja e no eletrônico. Já o A-há tem um ambiente semi-aberto e toca basicamente música eletrônica.

  • Gastronomia

    A diversidade cultural e étnica faz da Tríplice Fronteira uma das regiões mais cosmopolitas da América do Sul – o que também influencia a variedade da culinária local. Foz do Iguaçu conta com uma ampla rede de serviços gastronômicos. São mais de 150 estabelecimentos, onde se pode provar dos mais diversos cardápios.

    A cozinha regional, de origem indígena, recebeu influência desde o início da colonização e vem sendo aperfeiçoada por chefs trazidos pelos grandes hotéis. O resultado pode ser visto nas variedades de receitas com os peixes dos rios locais, principalmente o dourado assado. Esse peixe é tão desfrutado na região que existe um concurso anual (logo após a pesca ao Dourado) para eleger o melhor prato do respectivo ano.

    Em muitos restaurantes pode-se experimentar o pirá de Foz. Criado em 1996, esse é o prato típico da cidade. Na linguagem tupi-guarani, “pirá” significa peixe, sendo que, na receita original, o peixe utilizado é o surubim, de carne saborosa, encontrado nos rios da região. A base do prato, ornamentado com o surubim, é molho de gengibre, purê de mandioca e arroz com espinafre.

    Alguns estabelecimentos, principalmente os dos hotéis, possuem cozinhas internacionais. Na região, existem ainda opções de cozinha chinesa, japonesa, portuguesa, italiana e árabe.

  • Transportes

    As opções para se locomover na cidade são muitas e fica a critério do turista escolher a melhor forma de conhecer Foz do Iguaçu. Ônibus, carro e taxis estão disponíveis e fazem a ligação por toda a região. Para se ter ideia, é possível estar em outro país em menos de meia-hora.

    Os táxis são muitos, assim como as locadoras de veículos. Se estiver em grupo, a dica é alugar um carro para chegar aos pontos de trilha rapidamente. A frota de taxi é de aproximadamente 373 carros, divididos em mais de 76 pontos. O turista também tem à disposição um Terminal Turístico Urbano com um terminal de ônibus que permite que você percorra a cidade inteira com uma passagem só - podendo trocar de ônibus sem necessidade de comprar outra passagem.

    Quando for às compras em Ciudad Del Este, prefira ir acompanhado de algum conhecido da cidade ou através de alguma empresa de turismo. Leve suas mercadorias em mãos e registre todas na Receita Federal. Respeite os habitantes, funcionários e outros compradores, mesmo que às vezes não seja respeitado.

    Como em toda grande cidade, alguns cuidados básicos de segurança são necessários. Evite expor seus objetos pessoais enquanto caminha pela rua e quando estiver dentro de ônibus ou transportes públicos. Utilize o celular com atenção e procure estar atento. Em caso de problemas com segurança, procure alguma autoridade policial da cidade.

Receba ofertas imperdíveis!

Assine a newsletter do Mundi e receba as melhores promoções de passagens aéreas e hotéis por email.

Fotos Foz do Iguaçu (18)

Foto Foz do Iguaçu - Master User

Foz do Iguaçu, Enviado por Master User

Ver mais Fotos

Hotéis em Foz do Iguaçu

Ver todos os hotéis em Foz do Iguaçu




Publicidade

Publicidade

Avaliações e Dicas sobre Foz do Iguaçu

Faça uma avaliação

Avaliações e Dicas - Foz do Iguaçu

Publicidade