Teotihuacan

Teotihuacan

  • Avaliações: -0.05 de 0

- Visão Geral

Teotihuacan é um dos pontos turísticos mais interessantes do México por ser um dos principais sítios arqueológicos do país. A influência dos povos que viveram ali se estendeu por várias regiões da América, como a área em que os Maias se instalaram. Os costumes de Teotihuacan são tão antigos que deixaram um legado arquitetônico com construções que datam do século II.

O significado do nome é “Lugar dos deuses” e durante o seu apogeu a cidade abrigou cerca de 200 mil pessoas. Conhecer esse sítio arqueológico é garantia de uma viagem ao passado. Pirâmides gigantescas, máscaras tribais, avenidas extensas e aquedutos criam o cenário para o turista sobre como era gigante Teotihuacan. É comum confundirem as famosas pirâmides de Teotihuacan como uma obra dos Astecas. No entanto, esse povo só descobriu a cidade antiga, mas não foi responsável pela sua construção. Os Astecas batizaram a cidade e se instalaram ali. Mas, tudo que se vê por lá foi erguido antes de Cristo. Até hoje não se sabe o motivo da queda de Teotihuacan e o que restou é preservado pelo Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México.

- Localização

Fica distante da Cidade do México apenas 45 quilômetros. Os melhores meios de transporte são os ônibus, com horários regulares para o local, e os carros.

- O que fazer

Explorar ao máximo o conjunto de obras arquitetônicas deixado pela civilização de Teotihuacan. A principal atração são as duas pirâmides gigantescas do sítio, a Pirâmide do Sol e a Pirâmide da Lua. Os templos também são monumentais, como o Templo da Serpente Emplumada. Ao longo de toda a região, a Calzada de los Muertos – uma comprida avenida – faz a ligação entre as pirâmides e os templos.

Do alto das duas pirâmides tem-se uma vista espetacular de toda a cidade. A Pirâmide do Sol tem 65 metros de altura e cada um de seus lados tem 250 metros de largura, o que faz dessa construção uma das maiores da época Pré-Colombiana. Na Pirâmide da Lua, que mede 42 metros de altura, a subida não pode ser completada. Mas, o visual de sua escadaria revela a belíssima praça, as pirâmides menores e o tamanho da Calzada de los Muertos, perpendicular a essa construção. O Palácio dos Jaguares, o Palácio de Quetzalpapálotl, o templo de Quetzalcóatl e o Museu do Sítio completam o passeio.

- Quando visitar

Durante o ano todo. Mas, no verão, as chuvas aumentam e é bom escolher programas adequados para essa época.

 
0 de 0

 



Publicidade