Parque das Dunas

Parque das Dunas

- Visão Geral

O Parque das Dunas ou Bosque dos Namorados é o segundo maior parque urbano do Brasil, atrás apenas da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro. Ele é desde 1997, ano em que foi fundado, uma das atrações naturais mais belas da cidade e também é um importante local para o desenvolvimento de pesquisa e de atividades de turismo e lazer.

Foi a vontade de criar um espaço para receber os turistas na capital potiguar que resultou na delimitação do Parque das Dunas. A primeira área a ser reservada foi a parte conhecida como Bosque dos Namorados, em 1975, e que hoje é a porta de entrada para os visitantes.

A partir do Bosque é que os turistas começam a viagem pelos 1.172 hectares de área repleta de vegetação nativa de Mata Atlântica, reconhecendo e se deslumbrando com mais de 1.300 árvores, sendo que 50 espécies são nativas da Mata Atlântica. Há também trilhas, viveiros, lagos, área de jogos, anfiteatro com capacidade para 160 pessoas, laboratórios de pesquisa abertos para visitação e parques infantis.

- Localização

O Parque das Dunas está localizado bem na região costeira de Natal, se estendendo por 8 quilômetros. Desse modo, ele avança sobre a área de oito bairros da cidade, sendo que toda a área do parque é devidamente cercada e protegida. O parque margeia toda a Via Costeira e também a Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

- O que fazer

As opções de lazer são muitas e envolvem exercícios físicos para todas as idades e visitantes. Uma das atividades mais praticadas são as trilhas, como as três principais que permitem conhecer a fauna e a flora da região: trilha Perobinha, trilha Peroba e trilha Ubaia-doce.

Os moradores e visitantes também fazem caminhadas e cooper em áreas próprias para essas atividades. Também são realizadas visitas guiadas até os laboratórios de pesquisa, onde é possível entender como se formam as dunas de Natal. Ecoturismo, oficinas de educação ambiental e piqueniques são outras atividades que os visitantes poderão desfrutar quando estiverem de viagem pela cidade.

- Quando visitar

Entre maio e junho é quando mais chove. Por isso, em qualquer outro período do ano o passeio é recomendado.

Já esteve em Parque das Dunas? Avaliar

Mostrando 1 - 2 de 2 resultados encontrados

Melhores momentos...

Parque das Dunas
5

Avaliação escrita em: 14 de Junho de 2011
Ponto Turístico visitado em: Dezembro de 2009

Com certeza um dos lugares mais impressionates para se passar umas férias, tranquilidade, comodidade, carisma e muito mais, Para fechar com chave de ouro, os passeios são maravilhosos, o hotel se dispõe de um imenso cardápio para trajetos, rotas, equipe bem treinada e a disponibilidade para fornecer qualquer informação. Indico para todos, tanto em familia, amigos, lua de mel... Não deixem de passar por lá... Beijos
 

1 de 1 pessoas (100%) acharam esta avaliação útil.

Esta avaliação ajudou você? Sim | Não

Com emoção!!

Parque das Dunas
5

Avaliação escrita em: 3 de Novembro de 2011
Ponto Turístico visitado em: Janeiro de 2011

Nenhuma paisagem que já vi, até hoje, se compara ao que meus olhos puderam contemplar naquela tarde de terça-feira. Não era, para mim, um simples passeio de fim de semana, era a união do vislumbramento da beleza extraordinária de uma criação de Deus com o sentimento de estar vivendo a primeira viagem ao lado daquele a quem prometi, dias atrás, amar e fazer feliz por todos os dias da minha vida. Entrei naquele buggy com a mesma expectativa de quem sobe num trem durante uma excursão para conhecer os pontos turísticos de uma cidade. Não entendi porque o "bugueiro" nos perguntou: "Com emoção ou sem emoção?" Mas, instintivamente, respondemos em uníssono: "Com emoção!". Não podia mesmo imaginar que passear por um mar de areias poderia me trazer tanta emoção e encantamento. Na primeira ladeira descida, minha ficha caiu e percebi que aqueles minutos ali seriam únicos e felizes! Quanta beleza em um aglomerado de montanhas de areia! Olhar para todos os lados e só ver: areia! Nenhuma montanha russa supera a diversão de se descer "areia à baixo" dentro de um buggy. Eu não estava me aventurando em uma máquina de aço, de um parque, composta por elevações semelhantes a montanhas e seguidas de quedas, eu estava subindo e descendo em uma montanha de verdade de um parque naturalmente conhecido por Parque das Dunas!! Me surpreendi, novamente, quando encontrei lagoas e árvores em meio àquele monte de areia. Que paisagem linda é aquela da Lagoa de Genipabu! Que criação perfeita! Qualquer foto ali se torna a mais linda de todo o passeio. E não poderia ser diferente, já que o Criador dessa deslumbrante imagem real é um Ser Perfeito. Hoje, digo a todos, com o mesmo entusiasmo que sinto em querer voltar lá: se você está a fim de uma diversão da qual se lembre sempre com saudade e vontade de querer mais, o Parque das Dunas é o lugar ideal. E não precisa nem se preocupar em levar emoção para o momento. Com certeza, alguém vai te perguntar: "Com emoção ou sem emoção?" E quando você sequer pensar em querer pensar na resposta, seu grito ao descer a primeira ladeira, com quase 90º, será a resposta mais espontânea da sua viagem.
 

Esta avaliação ajudou você? Sim | Não

1
 
0 de 0

 



Publicidade