Museu do Louvre

Museu do Louvre

99 rue de Rivoli -
  • Avaliações: 5.0 de 2

- Visão Geral

O Louvre é um dos museus mais famosos de todo o planeta. Diferentemente de seus concorrentes, tem como destaque o seu vasto acervo e seu compromisso com a arte. Um de seus maiores trunfos é abrigar o quadro de Leonardo Da Vinci, “Monalisa”, um dos mais raros e famosos de toda a história da arte. Iniciado como uma fortaleza, no século XII, o edifício principal foi ganhando novos prédios e, ao longo dos anos, sofreu diversas modificações. O museu, inaugurado oficialmente em 1793, serviu como sede da monarquia francesa até o século XVII. Nessa época, houve a mudança da nobreza para o Palácio de Versalhes e o Louvre começou a reunir esculturas antigas.

Desde a sua inauguração, ele permanece aberto a todos os seus visitantes, sendo que essa foi uma das primeiras medidas adotadas para democratizar a arte. À medida que se tornava mais importante, o museu passou a realizar trabalhos educativos para se aproximar de cada um de seus milhões de visitantes. Atualmente, ele recebe cerca de 6 milhões de turistas todos os anos, que circulam pela maior parte dos seus 60 mil metros quadrados e podem escolher entre mais de 35 mil obras de arte para admirar. Um passeio histórico e inesquecível.

- Localização

Fica no centro de Paris, entre a Rue de Rivoli e às margens do Rio Sena. Metrô, ônibus, táxis, carros particulares e bicicletas dão acesso facilmente ao local.

- O que fazer

O ideal é separar, no mínimo, um dia para explorar as melhores seções do museu, que se dividem em 8 departamentos: Antiguidades Gregas, Romanas e Etruscas; Antiguidades Egípcias; Antiguidades do Oriente Próximo; Arte Islâmica; Gravuras e Desenhos; Pinturas; Esculturas e Artes Decorativas. Além de “Monalisa”, outros símbolos do Louvre são a “Vênus de Milo” e a "Vitória de Samotrácia", esculturas belíssimas e muito valiosas. Entre as raridades, ele abriga o “Código de Hamurabi” – conjuntos de leis da antiga Mesopotâmia citado como um dos mais antigos já encontrados –, "O Juramento dos Horácios" e "As Sabinas", de Jacques-Louis David.

Estilos como o Rococó e o Neoclássico figuram no acervo de obras francesas, assim como está à disposição dos visitantes um amplo conjunto de obras do Antigo Egito. Aulas, seminários, palestras e visitas temáticas fazem parte da programação que pode ser aproveitada no Louvre.

- Quando visitar

De abril a junho, ou de setembro a novembro (primavera/outono europeu), quando a programação da cidade é rica e o clima é favorável para os passeios.

Já esteve em Museu do Louvre? Avaliar

Mostrando 1 - 2 de 2 resultados encontrados

Determinação e coragem

Museu do Louvre
5
O mUseu do Louvre a noite, em qualquer horário você se arrepia A tão famosa Monalisa, é linda e a sala fica sempre lotada A majestosa Torre Eiffel!

Avaliação escrita em: 19 de Janeiro de 2011
Ponto Turístico visitado em: Novembro de 2010

Paris é uma cidade muito fácil de se locomover, por ter linhas de metro para todos os lados, um bem ao lado da entrada do Museu do Louvre foi providencial para minha viagem. O Museu é o mais famoso do mundo e supera todas as expectativas!!! Guardião de grandes obras e história de todo o mundo, o museu é maior que muita cidade brasileira e a diversidade de pessoas que lá conhecemos é incrível! POdem ser feitas visitas às sextas à noite e sempre no primeiro domingo do mês, a entrada é gratuita! sim, gratuita! podemos ver monalisa, código de hamurabi entre outras preciosidades de graça! A entrada é meis ou menos 20 euros, mas como você irá em mais pontos, o melhor para Paris é comprar o Museu Pass, adquiridodo em qualquer ponto turístico, dando a possibilidade de entrar em qualquer dos pontos cadastrados (mais de 50), e proporciona você furar fila de todos eles, includive do Louvre! Olha que fila é o que mais tem lá (demora cerca de 3 horas pra fila andar), a não ser que você amanheça na porta do museu! Além disso, do Louvre temos uma vista exuberante do Arco do Triunfo, da Torre Eiffel e, claro, do rio Sena, que é fantástico! Uma cidade maravilhosa, tendo o Louvre como parada obrigatória, mesmo que você não entenda ou não goste muito de artes, pois você verá todas as fotos e contos do antigo livro de histórias do tempo da escola.
 

8 de 8 pessoas (100%) acharam esta avaliação útil.

Esta avaliação ajudou você? Sim | Não

Louvre, o palácio da História

Museu do Louvre
5

Avaliação escrita em: 25 de Dezembro de 2011
Ponto Turístico visitado em: Junho de 2010

Já sabíamos que o Louvre era uma imensidão e que possuía obras de todo o mundo e, principalmente de várias épocas, mas ficar cara a cara com obras, objetos que remontam séculos, nos fez viajar não somente à Paris mas no tempo... e foi uma maravilha!
 

2 de 2 pessoas (100%) acharam esta avaliação útil.

Esta avaliação ajudou você? Sim | Não

1
 
0 de 0

 



Publicidade