Jaguarão, RS

Avaliações e Dicas - Jaguarão

Nota Média

Nota Média 5.0

Excelente "Superou as expectativas!"

Faça uma avaliação

Total de Avaliações: 1

qualidade das avaliações porcentagem das avaliações quantidade de avaliações
Excelente 100.0% 1
Bom 0.0% 0
Razoável 0.0% 0
Ruim 0.0% 0
Péssimo 0.0% 0

Avaliações

  • 2 avaliações.
    Valéria Arantes

    Valéria Arantes escreveu:

    Viagem ao tempo do Império

    • Destino visitado em Agosto de 2011
    • Avaliação feita em 12 de Agosto de 2011

    Uma cidade pequena, na fronteira do Brasil com o Uruguai, ao final da BR 116. Visitar esta cidade é fazer uma viagem no tempo. Você anda pelas ruas com calçadas e construções datadas do início dos anos de 1900. A cidade tem um charme todo especial com um número incrível de casarões antigos muito bem preservados pelas famílias que residem neles. A Rua XV de Novembro é conhecida como Rua das Portas, com as portas imensas dos casarões entalhadas à mão. São as mais antigas do Rio Grande do Sul. O rio Jaguarão é caudaloso e propicia uma paisagem deslumbrante, sendo cortado pela Ponte Internacional Barão de Mauá entre Jaguarão e Rio Branco, que liga o Brasil ao Uruguai. Você não pode deixar de visitar o museu Dr. Carlos Barbosa Gonçalves na Rua XV de Novembro. Nascido em Jaguarão, Carlos Barbosa Gonçalves era sobrinho-neto de Bento Gonçalves. Estudou medicina no Rio de Jeneiro tornando-se um médico filantropo reorganizando a Santa Casa de Jaguarão, atendendo à todos da região, inclusive do Uruguai. Foi Governador do Rio Grande do Sul de 1908 até 1913. Sua casa abriga o museu, conservando toda a mobília e utensílios daquela época. É considerado o mais belo museu do Rio Grande do Sul.

    Nota Média 5

    Excelente "Superou as expectativas!"

    Esta avaliação foi útil para 4 pessoas, e para você? Sim

1



Pesquise preços

Receba ofertas imperdíveis

Receba grátis as melhores promoções de passagens aéreas e hotéis por e-mail.

Publicidade


Publicidade